A peça de estreia, Ulisses Molly Bloom - Dançando para adiar, encena o clássico moderno do escritor irlandês James Joyce. Leopold Bloom, um homem comum, sai de casa de manhã para uma caminhada que dura até a noite. No retorno a casa, ele reencontrará sua esposa Molly na cama onde ela teria, em sua imaginação, passado o dia com um amante.

A peça de estreia, Ulisses Molly Bloom – Dançando para adiar, encena o clássico moderno do escritor irlandês James Joyce. Leopold Bloom, um homem comum, sai de casa de manhã para uma caminhada que dura até a noite. No retorno a casa, ele reencontrará sua esposa Molly na cama onde ela teria, em sua imaginação, passado o dia com um amante.


Neste sábado começa uma grande ocupação e integração em homenagem ao escritor James Joyce no Centro Cultural São Paulo. Não por acaso, a programação atravessa o Bloomsday (16 de junho), data comemorativa instituída na Irlanda em comemoração à obra mais importante do autor, Ulisses – e vai até o dia 14 do próximo mês.



A programação começa com a peça Ulisses Molly Bloom – Dançando para adiar (estreia hoje, às 21h00), da Companhia Estrela D’Alva, cuja encenação inicia na sala de espetáculo e percorre uma trajetória em diversos espaços do CCSP e rua afora. As oficinas Experimento Finnegans serão conduzidas por artistas que utilizam as linguagens teatral, musical, literária em torno do livro Finnegans Wake. E além disso, palestras sobre o autor irlandês e sua obra serão oferecidas por especialistas da academia.



Ocupação James Joyce
Data: de 07/06 a 14/07
Local: Centro Cultural São Paulo
Consulte a programação aqui.